Que o E-mail Marketing é uma das ferramentas mais conhecidas e utilizadas para quem busca estratégias eficientes de Marketing Digital, isso todo mundo sabe. Aliás, se você está lendo isso aqui, é porque pretende trazer essa possibilidade para a sua empresa ou aperfeiçoar a tática que já vem utilizando. 

O E-mail Marketing tem como finalidade servir como ferramenta para conquistar clientes e leads utilizando uma gama maior de possibilidades, que vai além das redes sociais e que cria um contato direto com o público. Praticamente todos os usuários da internet possuem um endereço de e-mail e estão em contato com a sua caixa de entrada constantemente, seja como forma de trabalho, seja como passagem para login de mídias sociais. 

Além disso, o e-mail se tornou super flexível, pela possibilidade de transformar uma “folha em branco” em uma página que serve como “extensão” da sua empresa, seguindo o mesmo padrão estético da sua empresa e/ou negócio. Muitas empresas seguem a mesma identidade visual de seus blogs e sites, o que cria o sentimento de familiaridade. 

São muitas as questões em torno do E-mail Marketing e, por isso, resolvemos trazer algumas questões técnicas para ilustrar a sua estratégia de forma simples e prática. 

Existem regras para E-mail Marketing? 

Agora que você já entendeu a importância do E-mail Marketing para sua empresa, entender a ficha técnica padrão para um e-mail é fundamental, já que o disparo de uma campanha é parcela de um processo que pode envolver algumas partes. 

Em primeiro lugar, a largura de um e-mail deve seguir o padrão universal de 600 a 700 pixels. O tamanho é importante, porque alguns dados devem ser respeitados. Pense sempre na margem de 100 kbps por imagem e, se somar todas as imagens presentes, não deve passar de 500 kbps. 

Isso não significa que se você fizer um e-mail maior que isso ele não será enviado, mas pode acabar direto na caixa de spam do público-alvo. 

Além disso, o conteúdo é de extrema importância. Quem nunca assinou uma newsletter de alguma loja que tinha interesse e acabou cancelando a assinatura um tempo depois? Isso acontece porque o E-mail Marketing, geralmente, acaba sendo produzido de forma desregrada, sem uma estratégia específica. 

Qual a melhor forma de produzir conteúdo para E-mail Marketing? 

Não existe uma forma fixa de criar conteúdo, mas a regra é única: não se alongue! E-mail Marketing não é blog post, nem capítulo de e-book. Portanto, seja breve e pense na experiência do usuário ao abrir o seu e-mail. 

É importante que você seja direto no assunto do e-mail, utilizando um gatilho mental que faça o usuário querer abrir o conteúdo. Unindo um conteúdo direto, que gere valor e que seja agradável visualmente, seu público com certeza irá consumir seus produtos com mais vontade e engajar na construção digital da sua empresa. 

Se você se interessou e quer utilizar essa estratégia de Marketing Digital, nós temos 21 modelos de E-mail (que geram resultados) para você começar a utilizar na prática